Notícias

02.11.2021

Brasileiro Sênior ABGS começa nesta 4ª feira, no Campo Olímpico de Golfe, no Rio de Janeiro

campo-olimpico-650

Cariocas Stallone e Marinho se juntam aos paulistas Ghisalberti e Doug na disputa pelo título scratch

A Associação Brasileira de Golfe Sênior realiza de quarta a sexta-feira desta semana, 3 a 5 de novembro, no Campo Olímpico de Golfe, no Rio de Janeiro, o 41º Campeonato Brasileiro ABGS de Golfe Sênior – Taça Mario Gonzalez, o principal evento de seu calendário anual. Uma atração extra deste ano será a cerimônia de indução dos novos membros do Hall da Fama do Golfe Brasileiro, que acontece na noite de quinta-feira, em coquetel no Gávea Golf, tendo os participantes do torneio da ABGS como convidados.

Outra atração do Brasileiro Sênior ABGS será a possível definição, por antecipação, dos campeões de muitas das 11 categorias dos rankings nacionais da ABGS. Após este evento, que por ser jogado em três dias (54 buracos), vale pontos em dobro, restará apenas uma competição do calendário regular de 2021 da ABGS, o Torneio do PL Golf Clube, dia 18 de novembro, último válido para o ranking nacional. O calendário termina com o festivo Torneio da Virada ABGS 2021-2022, dia 9 de dezembro, no Damha Golf Club, em São Carlos, quando haverá a premiação dos melhores do ano.

brasileiro-senior-todos-os-campeoesDestaques – O ranking da categoria sênior scratch, o mais disputado dos últimos anos, é um dos que poderá ter seu campeão antecipado no Rio. Para isso, basta que Mario Ghisalberti, o atual líder, com 11 pontos de vantagem, termine à frente de Douglas Black, o Doug, do Sapezal, o segundo colocado, que precisa reduzir a vantagem para 10 pontos ou menos para ter chances de virar a disputa no PL.

Mas o duelo entre os líderes scratch pode ser atrapalhado por dois fortes jogadores do Gávea Golf. O primeiro é Marcelo Stallone, que foi campeão brasileiro sênior em 2017, e vice-campeão em 2018 e 2019 (em 2020, por causa da pandemia, não houve disputa). Stallone foi ainda o melhor brasileiro da última competição, vencida por Paul Wharton, da Inglaterra, um dos melhores seniores da Europa. O outro é Marinho Gonzalez, filho de Mário Gonzalez, que dá nome à taça em disputa, vice-campeão em 2009 e 2017.

Campeões – Desde 2013, ninguém conseguiu vencer o Brasileiro Sênior ABGS mais de uma vez. Stallone é o único que pode quebrar essa escrita este ano. A primeira Taça Mario Gonzalez ficou em posse do americano Ronald Gunn, do Guarujá, que venceu três anos seguidos (2007, 2008 e 2009), uma das condições para se ter a posse definitiva do troféu. A nova Taça Mario Gonzalez passou a ser de posse transitória a partir de 2010, quando Manuel Gama, do São Fernando, venceu o primeiro de seus três títulos seguidos. Depois disso, nenhum campeão se repetiu.

Apesar da pandemia, esta é a 13ª competição do ano da ABGS, de um total de 15, e a quarta fora de São Paulo, depois de competições em Búzios (RJ), Trancoso (BA) e Gramado (RS), um movimento que se intensificará em 2022 para expandir a ABGS por todo o Brasil. Esse esforço já se reflete no Brasileiro Sênior deste ano, que está reunindo golfistas de 29 clubes de nove estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará e Rio Grande do Sul.

Programação – Nesta terça-feira, 2 de novembro, feriado de Finados, o Campo Olímpico está aberto para o treino dos inscritos. A competição começa nesta quarta-feira, 3, com o primeiro dia de jogos, com saídas por dois tees (1 e 10), das 8 horas às 9h40. Esse horário se repete na quinta, 4, e na sexta-feira, 5,quando o torneio termina com o coquetel de encerramento com entrega de prêmios.

Veja os horários de saída do primeiro dia

 

Compartilhe:

próximos Torneios