Notícias

24.11.2017

Brasileiro Sênior: Marcelo Stallone e Marinho Gonzalez fazem dobradinha do Gávea no Campo Olímpico

Marcelo Stallone , campeão brasilerio sênior de 2017, e e Marinho Gonzalez, vice-campeão

Bruno Sá, do Petrópolis, foi o campeão pré-sênior. Claudio Kiryla, do Graciosa, venceu na supersênior

 

 

Marcelo Stallone, do Gávea, foi campeão de ponta a ponta do 38º Campeonato Brasileiro de Golfe Sênior – Taça Mario Gonzalez, nesta sexta-feira, 24 de novembro, no Campo Olímpico do Rio de Janeiro. Marinho Gonzalez, também do Gávea, cujo pai empresta o nome ao troféu mais importante do calendário da Associação Brasileira de Golfe Sênior (ABGS), garantiu o vice-campeonato sem ser ameaçado. O torneio premiou ainda Bruno Sá, do Teresópolis, como campeão pré-sênior, cinco outras categorias com handicap.

Veja as fotos da premiação

Stallone, que joga regularmente no campo estilo links desenhado pelo arquiteto americano Gil Hanse para os Jogos do Rio 2016, venceu com 221 (70-76-75) tacadas e ampla vantagem sobre Marinho, que somou 236 (78-76-82). Ronaldo Gun, do Guarujá, ficou em terceiro, com 247 (81-80-86), seguido por Kouchi Yui, do Londrina, com 250 (80-80-90) e por dois jogadores empatados em quinto, com 255: Carlos Vasconcellos, de Búzios (85-82-88) e Frederic Cadier, do São Paulo (84-93-78).

Mais premiados – Nas classificações por handicap índex, Ênio Vieira, do Goiânia, foi campeão na até 14, com 221 tacadas, seguido por Francisco Carrér, do Las Palmas, com 216, e por Gunn, com 217. Juvenil Cenci, de Brasília, venceu na 14,1 a 23, com 216, seguido por Waldemar Ponath, do Joinville, com 217 e por Juarez Mascarello, do Vila da Mata, com 221.

Outras duas categorias foram disputada no sistema stableford. Na 21,1 a 32 o campeão foi Walter Taurisano, do Clube de Campo, com 115 pontos, seguido por Francisco Oliveira, de Brasília, com 103, e por Fernando Braga, do Bauru, com 89. Também stableford foi a disputa dos superseniores (75 anos ou +) vencida por Claudio Kiryla, presidente da ABGS, do Graciosa, com 93 pontos.

Pré-seniores – Na pré-sênior (40 a 54 anos), o campeão scratch foi Bruno Sá, do Petrópolis, com 224 (73-74-77) tacadas. Paul O’Doherty, do São Paulo, ficou em segundo, com 247 (84-79-84) e Marcos Semensato, de Bauru, em terceiro, com 265 (83-85-97).  Já na classificação pré-sênior com handicap, Semensato venceu, com 229 tacadas.

Cláudio Kiryla, presidente da ABGS; Celso Teixeira, da Golf Travel, e Carlos Favoreto e Marcio Galvão, do Campo Olímpico, compuseram a mesa de entrega de prêmios. Foi feito um agradecimento aos dirigentes da ABGS presentes: Mauricio Ferreira, diretor da ABGS no Morro do Chapéu; e os membros do Conselho da ABGS Cosme Gomm, Jose Rodrigues Neves, Silvio Cecin e Walter Taurisano

Próximos torneios – Os próximos torneios da ABGS, encerrando a temporada de 2017, serão dia 7 de dezembro, com a Retrospectiva ABGS São Paulo, no Clube de Campo, e de 14 a 17 de dezembro, com a Retrospectiva ABGS Brasil, em Curitiba.

Resultados completos

Todos os premiados do Brasileiro Sênior no Campo Olímpcio

Todos os premiados do Brasileiro Sênior no Campo Olímpico

Compartilhe: