Notícias

03.11.2021

Marcelo Stallone domina Campeonato Brasileiro Sênior ABGS, no Campo Olímpico de Golfe

marcelo-stallone-65p

Maior evento nacional para golfistas a partir de 40 anos reúne jogadores de 29 clubes, de nove estados

Marcelo Stallone, do Gávea, estreou com 72 tacadas (1) para se isolar na liderança do 41º Campeonato Brasileiro ABGS de Golfe Sênior – Taça Mario Gonzalez, que começou a ser jogado nesta quarta-feira, 3 de novembro, e prossegue até sexta-feira, 5, no Campo Olímpico de Golfe, no Rio de Janeiro. Mais do que liderar, Stallone abriu 11 tacadas de vantagem sobre os adversários e ficou mais perto de se tornar o primeiro, desde 2012, a vencer mais de uma vez a maior competição brasileira da categoria, que este ano está reunindo golfistas de 29 clubes de nove estados:  São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará e Rio Grande do Sul.

internas-2-d1-br-abgs

Veja as primeiras fotos do evento
Aguarde novas fotos sempre neste mesmo link

Ao lado, Ferrez, Zamudio e Ioma

Destaques – Uma das atrações do evento é a disputa para ser campeão do ranking nacional sênior de 2021, entre o líder Mario Ghisalberti, do Japy, e vice Douglas Black, do Sapezal. Doug, que precisa terminar à frente de Ghisalberti para manter suas chances de levar a decisão do ranking para o torneio final, dia 18, no PL, começou em segundo, com 83 tacadas, uma à frente do adversário, que marcou 84. Mas outros dois jogadores apareceram para atrapalhar o duelo dos dois: Eric Ferrez, do Campo Olímpico, que estreou empatado em segundo, com 83 tacadas, e Marinho Gonzalez, do Gávea, filho de Mario, que dá nome à Taça, que divide a quarta colocação, com 84.

Na classificação por handicaps até 14, Stallone também lidera, com 72, só que empatado com Wei Chung, o Jaime, do Guarapiranga. Ferrez vem em terceiro, com 74, empatado com Frank Wisbrun, do São Paulo GC. Carlos Smith Vasconcellos, de Búzios, e Marcos Semensato, de Bauru, jogaram 75. Na 14,1 a 23, o líder é o baiano Humberto Monte Neto, com 67, seguido por Jose Jacomini, de São José dos Campos, com 68, e José Canepa, do Clube de Campo, com 72. Na 23,1 a 32, jogada no sistema stableford, Cesar Silva, de Búzios lidera com 38 pontos, seguido por Osmar da Costa Sobrinho, presidente da Confederação Brasileira de Golfe, do Clube de Campo, com 36, e Walter Taurisano, do Clube de Campo, e Issac Dayan, do Riacho Grande, com 35.

Pré-seniores – Entre os pré-seniores (40 a 54 anos) scratches, Felix Zamudio, do Gávea, lidera com 81 tacadas, seguido por Giovani Thibau, do Morro do Chapéu, com 87 tacadas, e por Deusimar Coelho, de Goiânia, com 89. Deuzimar também lidera na até 14, com 72, seguido por Nuno Cruz, do Campo Olímpico com 75, e por Zamudio, com 78. Na 14,1 a 32, Massao Kanesaki aparece em primeiro, com 70.

No feminino as líderes são Ioma Carvalho, do Gávea, na scratch, com 89 tacadas; Paulina Essaki, de São José, com 73 net, na até 25; e Luciana Yabumto, na 25,1 a 32, com 29 pontos. Há ainda duas categorias para convidados lideradas por 1 Bruno Meyer Sá, com 72 net, na até 14; e Carlos Moreira Jr., do Campo Olímpico, com 69, na 14,1 a 32.

Compartilhe:

próximos Torneios