Notícias

10.03.2022

Torneio ABGS da Baroneza: Douglas Black faz birdie no 18 e encerra oito meses de jejum

douglas-black-recebe-o-trofeu-de-campeao-do-constantino-ajimasto-o-grego-presidente-da-abgs

Ele empatou com Paul O’Doherty, mas venceu no desempate. Evento teve recorde de participantes

 

Ao lado, Douglas Black recebe o troféu de campeão do Constantino Ajimasto, o Grego, presidente da ABGS

 

Depois de estar perdendo por quatro tacadas para Paul O’Doherty, do São Paulo, restando três buracos a jogar, Douglas Black, do Sapezal, aproveitou-se de erros do adversário e fez um birdie no buraco final, para empatar em primeiro e conquistar o título do 2º Torneio ABGS de Golfe Sênior da Quinta da Baroneza Golf Club, nos critérios de desempate. A vitória de Douglas nesta quarta-feira, 9 de março, pôs fim a um jejum de oito meses do campeão, que não vencia torneios da ABGS desde o Torneio ABGS do São Paulo GC, em julho de 2021.

Vejas as fotos da premiação

Aguarde, neste mesmo link acima, o álbum completo

Paul terminou a primeira metade do campo vencendo por uma e ampliou sua vantagem para três tacadas ao embocar de fora para fazer eagle no buraco 12, de par 5. Quando Douglas fez um bogey-6, no buraco 15, a vantagem de Paul aumentou para quatro tacadas. Mas, aí, foi a vez de Paul começar a errar. Ele fez um duplo bogey-6, no buraco 16, seguido de bogey no 17, para ver a sua vantagem na liderança cair para apenas uma tacada.

Decisão – A decisão ficou para o 18, onde Douglas deu uma excelente tacada de aproximação deixando a bola a menos de um metro da bandeira. Paul, por sua vez, errou o green pela esquerda e ainda salvou o par. Mas Douglas fez o birdie no 18 para empatar o jogo e levar o título nos critérios de desempate, pois jogou melhor nos nove buracos finais (38 x 39). Douglas e Paul haviam empatado com 77 tacadas, cinco acima do par.

Lyn Ahn, do Guarapiranga, terminou em terceiro, com 78 tacadas, seguido por Shozo Karasawa, do Vista Verde, com 79, e Valdir Dezan, do Fazenda da Grama, com 80. Os torneios da categoria sênior scratch da ABGS são válidos para o ranking sênior da Federação Paulista de Golfe (FPGolfe).

Handicaps – Lyn Ahn foi o campeão na classificação por handicaps índex até 14, com 69 tacadas, três abaixo do par. Três jogadores empataram em segundo, com 73 tacadas, mas Frank Wisbrun, do São Paulo, levou a melhor nos critérios de desempate para levar o troféu de vice-campeão, enquanto Marcos Semensato, de Bauru, ficava com o de terceiro lugar. Ramiro Yabumoto, do Arujá, ficou sem troféu.

Na 14,1 a 23, Francisco Silveira, do Damha, foi o campeão com 69 tacadas, seguido por três jogadores com 73. Nos critérios de desempate, Wilson Correa, do São Paulo Futebol Clube, ficou com o vice-campeonato e Darcy Pedro Piva, da Associação Esportiva São José, com o terceiro lugar. Richard Whitte, do Clube de Golfe de Campinas, ficou em quarto, no desempate.

Stableford – Na 23,1 a 32, jogada no sistema stableford, Yocito Fukuda, do Campinas Golf Center, venceu com 39 pontos, seguido por dois jogadores com 35: Walter Kuroda, do São Paulo Futebol Clube, que foi o vice-campeão, e Issac Dayan, do Riacho Grande, o terceiro colocado.

Nas categorias por idade, também stableford, Paul O’Doherty venceu na 55 a 59 anos, com 34 pontos. Ramiro Yabumoto, que perdeu o troféu no desempate da categoria até 14, venceu na 60 a 65 anos, com 36 pontos, o mesmo que aconteceu na 66 a 79 anos, onde Richard Witte, que ficou em quarto na 14,1 a 23, foi o campeão. Na 71 a 75 anos o título foi para Karasawa, com 33 pontos. E entre os de 76 anos ou mais, venceu Antônio Gantus, do São Francisco, com 34 pontos.

Pré-seniores – Entre os pré-seniores (40 a 54 anos), o campeão scratch foi Rodrigo Carbonel, do Sapezal, com 84 tacadas. Otavio Lima, de Bastos, ficou em segundo, com 87, seguido por Wagner Felix, da Guariroba, com 88, e por Francisco Ávila Jr., com 88, e por André Simão, do Damha, com 95. A categoria também valeu para o ranking pré-sênior scratch da FPGolfe.

Já na index até 14, o campeão foi Wagner Felix, com 76 tacadas. Na 14,1 a 23, os premiados foram Massao Kanesaki, do Sapezal, com 69 tacadas, e José Antônio Góes, do Imperial, com 81. Na pré-sênior de 23,1 a 32, os troféus foram para Francisco Camargo, do Anexo Golf, de Avaré, com 69 tacadas, e Rogerio Xavier, do Guarujá, com 72.

Houve ainda uma categoria para convidados da ABGS com handicap índex até 14, vencida por Luiz Porto, do Quinta da Baroneza, com 80 tacadas. E na convidados de 23,1 a 32, os troféus também foram para jogadores da casa: venceu Laércio Vasconcelos, com 72 tacadas, seguido por Antônio Carlos Avallone, com 76.

Feminino – A campeã scratch feminina foi Ivete Chemin, do Graciosa, com 91 tacadas. Keiko Shimomaebara, do PL, venceu na até 25, com 77 tacadas, ao superar Paulina Essaki, de São José, que também somou 77 e foi vice-campeã, nos critérios de desempate. Na 25,1 a 32, stableford, venceu Zhu Senmei, do Guarapiranga, com 32 pontos, seguida por Edna Karasawa, do Vista Verde, com 27.

Os prêmios foram entregues por Constantino Ajimasto Jr., o Grego, presidente da ABGS, e por seus vices Fernando Braga (Técnico) e Sergio del Porto (Administrativo). Os próximos torneios da ABGS serão o 20º Torneio ABGS do Clube de Golfe de Brasília, no Distrito Federal, dias 24 e 25 de março (inscrições abertas).

Reserve as datas – A seguir haverá a 3ª Taça Caipira – Torneio ABGS do Interior do Estado de São Paulo, dias 7 e 8 de abril, no Damha Golf Club, em São Carlos, e no Ipê Golf Club de Ribeirão Preto, e o 2º Aberto do Estado do Rio de Janeiro, nos dias 22 e 23 de abril, no Golfe Clube Aretê Búzios.

Resultados

Compartilhe:

próximos Torneios