Notícias

31.05.2021

Torneio ABGS do RJ: Mário Ghisalberti faz a melhor volta para vencer de virada, em Búzios

1o-scratch-senior-mario-ghisalberti-com-jose-fernando-braga-alves-hd2

Primeiro torneio da temporada nacional foi um sucesso. Inscrições abertas para Arujá e Trancoso

Depois de um primeiro dia muito equilibrado, com os quatro primeiros colocados separados por apenas quatro tacadas, Mário Ghisalberti, do Japy, virou o jogo na volta final para ser o campeão do 1º Torneio ABGS do Estado do Rio de Janeiro, disputado dias 28 e 29 de maio, sexta-feira e sábado, no Clube de Golfe Aretê Búzios, em Armação de Búzios, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro.

 

O Torneio do RJ abriu o calendário nacional pré-sênior (40 a 54 anos) e sênior (55 anos ou mais) de 2021, que prossegue com o I Torneio ABGS Terravista Golf Course – Taça Ricardo Lemos, de 5 e 7 de agosto, em Trancoso (BA). Antes disso, haverá mais um evento da ABGS em São Paulo, com a disputa do 8º  Torneio ABGS do Arujá GC – Taça Muneki Tikasawa, dia 10 de junho, quinta-feira, em Arujá (SP). Visite o site da ABGS, na internet, para mais detalhes e para se inscrever em ambos os eventos.

buzios-internasClique para ver as fotos da premiação
Aguarde álbum completo neste mesmo link

Apesar do difícil percurso do único campo do Brasil projetado por Pete Dye, o mesmo arquiteto do TPC Sawgrass, sede do The Players Championship, do PGA Tour, e do vento forte que complicou ainda mais a vida dos jogadores no primeiro dia, não houve quem não elogiasse a organização do Torneio ABGS do RJ e o campo de Búzios, um dos melhores e mais seletivos do continente. O buraco assinatura do campo de Dye em Búzios é o de número 8, o do green-ilha, marca registrada que o arquiteto americano consagrou no buraco 17 de TPC Sawgrass.

Virada – A disputa pelo título sênior scratch começou embolada e com dois jogadores empatados na liderança, com 85 tacadas: Carlos Smith Vasconcellos, que jogava em casa, e Frank Wisbrun, do São Paulo Golf Club. Mario Ghisalberti, do Portal Japy Golf Club, vinha em terceiro, com 86, seguido por Douglas Black, o Doug, do Sapezal, que jogou 89 e completou o grupo dos líderes para a última rodada.

Sábado, na volta final, Ghisalberti jogou 39 (+3) de ida, melhor parcial para nove buracos da semana, para assumir a liderança, mas sem conseguir abrir muita vantagem. Carlinhos Smith vinha sem segundo, três tacadas atrás do líder e uma tacada à frente de Doug, com Frank outra tacada atrás. O jogo só se decidiu nos últimos nove, quando Ghisalberti jogou 40, melhor resultado do torneio para os nove buracos finais, para ser o único a quebrar 80 na semana e vencer com 165 (86-79) tacadas no total.

Destaques – Doug, apesar de não jogar bem nos últimos nove, saiu do quarto lugar para ainda ser o vice-campeão, com 176 (89-87) tacadas, seguido por Frank, que começou o dia líder e terminou em terceiro, com 180 (85-95). Carlinhos também teve problemas na segunda metade do campo e terminou em quarto, com 182 (85-97). A seguir terminaram Sergio Mizoguchi do Arujá, com 190 (96-94); Edson Tatsumi, também do Arujá, com 191 (95-96); e Eugenio Martins Neto, do Quinta da Baroneza, com 194 (93-101).

Na classificação por Handicaps Índex até 14, o campeão foi Frank, com 152 (71-81) tacadas; seguido por Mizoguchi, que somou 162 (82-80) e ganhou o troféu de vice-campeão ao superar Carlinhos (75-87) nos critérios de desempate.  Na 14,1 a 23, venceu Rodolfo Santos, do São Paulo GC, com 155 (77-78) tacadas, seguido por Manuel Silva, do Gávea, com 157 (80-77), e por Diogo de Oliveira, do Aretê Búzios, com 159 (78-81). Na 23,1 a 32, disputada no sistema stableford, venceu o anfitrião Carlos Gasparian, presidente do Aretê Búzios, com 70 (32-38) pontos, seguido por Lim Sou, do Clube de Golfe de Campinas, com 54 (27-27).

Mais premiados – Nas categorias por idade, também stableford, os jogadores do Aretê Búzios venceram em três faixas etárias: Breno Andrade, na 55 a 60 anos, com 58 (29-29) pontos; Carlinhos Smith, na 61 a 65 anos, com 59 (33-26); e Pedro Duncan, na 66 a 70 anos, com 57 (33-24). Na 71 a 75 anos, o campeão foi José Neves, de Goiânia, com 50 (26-24) pontos; e entre os de 76 anos ou mais venceu Cesar Faria, do Gávea, com 50 (27-23).

Entre os pré-seniores, que disputaram uma categoria única com handicap índex até 32, o campeão foi  Pieter Alexander Lekkerkerk, dos Países Baixos, com 154 (77-77) tacadas. Nadimo Nakhle, de Búzios, havia saído na frente, mas terminou em segundo, com 158 (72-86). A seguir ficaram Luciano Almeida, do Aretê Búzios, com 170 (81-89), e Geneci Calmon, do Aretê Búzios, com 184 (91-93).

Feminino – E no feminino, também em categoria única, a campeã foi Thereza Teixeira, de Aretê Búzios, com 162 (82-80), seguida por Ioma Carvalho, do Gávea, com 168 (84-84). A seguir, terminaram Cecilia Rocha Miranda, do Aretê Búzios, com 171 (86-85), e Elisabeth Tatsumi, do Arujá, com 172 (82-90).

Os prêmios foram entregues por Fernando Braga, vice-presidente da Associação Brasileira de Golfe Sênior (ABGS), e por Carlos Gasparian, presidente do Aretê Búzios.

Resultados Finais

Compartilhe:

próximos Torneios