Notícias

22.03.2024

Torneio ABGS do Arujá: Estreante Ivan Nyssen, do São Paulo, surpreende favoritos

ivan-e-braga

Jogador do São Paulo prepara-se para defender o Brasil no Latino-Americano Sênior

 

 

Fernando Braga premia Ivan Nyssen. Fotos: Thais Pastor/F2 Assessoria

 

 

Nem a Escócia, de Douglas Black, nem a Irlanda, de Paul O’Doherty. O 11º Torneio ABGS do Arujá Golf Clube – Taça Tsutomo Takano, disputado nesta quinta-feira, 21 de março, em Arujá (SP), consagrou outros dois jogadores europeus, dos vizinhos Bélgica e Países Baixos, na cada vez mais internacional Associação Brasileira de Golfe Sênior.

internas-abgs-arujaO título principal, da categoria scratch, foi ganho pelo belga Ivan Nyssen, que nasceu na Antuérpia, no norte de seu país, na fronteira com a Holanda. Ivan, que joga no São Paulo Golf Club, entrou para a ABGS no final do ano passado e já conquistou seu primeiro título na entidade. Já o título entre os de handicaps mais baixos ficou para Frank Wisbrun, que nasceu na Holanda, nos Países Baixos, e que também é sócio do São Paulo Golf Clube.

Latino-Americano – Ivan, que ultimamente morava no Marrocos e é casado com Suna, uma brasileira, jogou com handicap índex 2,1, tem um bonito swing e bastante consistência nas tacadas, mas ainda se ressente de ritmo de competição e errou bastante sobre os greens. Mesmo assim, superou os favoritos ao jogar 83 tacadas, 11 acima do par, num dia quente e abafado, contra 84 de Lyn Ahn, do Guarapiranga, e de Douglas Black, do Sapezal; 86 de Frank Wisbrun; e 87 de Michel Thó, de Goiânia.

Veja centenas de fotos do torneio no álbum completo

Ivan prepara-se para defender o Brasil, como principal reforço, no 10º Latino-Americano Sênior, no Panamá, de 14 a 20 de abril, na equipe com índex até 9,6, que tem ainda Paul, Douglas e Giovani Thibau. Ivan, que sempre teve handicap baixo, chegou a jogar quatro torneios do Tour Europeu no final dos anos 80, sendo três Belgian Open e um Swiss Open.

O torneio do Arujá foi marcado ainda pela estreia de Wagner de Angelis, do São Fernando, organizado da Sexta Nobre, torneio que reúne quase uma centena de jogadores semanalmente em seu clube, e por três reestreias: a de Michael Humpert, do Clube de Campo, que não jogava na ABGS havia cinco anos; de David Fredrich Smith, do Terras de São José, que esteve afastado por quatro anos; e de Ildo Bet, também do Terras de São José, jogando pela primeira vez desde a pandemia.

Handicaps Frank Wisbrun, que também vai ao Latino-Americano, na categoria de 9,7 a 16,5, foi o campeão entre os de handicaps até 17, com 73 tacadas. Lyn Ahn ficou em segundo, com 75, e Luis Carlos de Lima, do Paradise, ganhou o troféu de terceiro lugar, com 78. Nas demais categorias a disputa foi na modalidade stableford, de soma de pontos.

Na 14,1 a 20 venceu Antonio Donizetti, com Imperial, com 35 pontos, contra 34 de Juarez Costa, também do Imperial, e 30 de Toshiaki Shitara, do Lago Azul. Na 20,1 a 26 o pódio teve Umberto Facchinei, campeão com 35 pontos; Felix Mealla, do Paradise, com 34, e Fernando Braga, outro que vai ao Latino-Americano, com 33. E na 26,1 a32, o campeão foi Isaac Dayan, do Riacho Grande, com 42 pontos, seguido por Sergio Kurita, do Arujá, com 39; e Fernando Sodré, do Clube de Campo, com 35.

Idades – Nas categorias por idade, também stableford, os campeões foram Fabien Dupret, do Sapezal, outro que vai ao Latino-Americano, na 55 a 59 anos, com 27 pontos; Marco Hidalgo Costa, do Clube de Campo, na 60 a 65 anos, com 29 pontos; José Aparecido dos Santos, da Associação Esportiva São José, na 66 a 70 anos, com 32 pontos; o espanhol Alfredo de Larrea, do São Paulo Futebol Clube Golfe (SPFCG), na 71 a 75 anos, com 34 pontos; e Sidney Ricco, do SPFCG, na 76 anos em diante, com 35 pontos.

Entre os pré-seniores (40 a 54 anos), o campeão scratch foi Emerson Godinho, do Vista Verde, com 88 tacadas. Na categoria com handicaps até 14 o campeão foi Andre Simão, do Damha, com 80 tacadas, e na 14,1 a 32, stableford, Rogerio Xavier, do Guarujá, com 36 pontos.

Feminino e Convidados – Entre as mulheres com handicap índex de 16,1 a 32, venceu Paulina Essaki, da Associação Esportiva São José, com 28 pontos. Entre os convidados, Alexandre dos Santos, do Arujá, ganhou na até 14, com 79 tacadas, e Ricardo Iwasaki, também do Arujá, na 14,1 a 32, com 27 pontos.

Os prêmios foram entregues por Fernando Braga, vice-presidente Técnico da ABGS, pelos diretores Alexandre Leonardi (pré-sênior) e Claudia Celli (Feminino); Ricardo Iwasaki, do Arujá, Jose Alves e Nilton Alves.

Taça Caipira – O próximo torneio é a Taça Caipira – 5º Aberto ABGS do Interior do Estado de São Paulo, de 3 a 5 de abril, no Quinta do Golfe Clube, Ipê Golf Club e Damha Golf Club. Participe! É possível jogar em apenas um campo ou em dois deles. Leia o regulamento.

Resultados

 

Compartilhe:

galeria de fotos


Ver galeria completa